Santa Cecília, padroeira da música

No dia 22 de novembro celebra-se Santa Cecília, virgem e mártir, e a popular padroeira dos músicos, pois consta que ao morrer terá cantado a Deus.

Santa Cecília (século III) era filha de um senador romano e cristã desde criança. Contra a sua vontade, a bela jovem foi prometida em casamento pela família a um homem chamado Valeriano, a quem confessou na noite de núpcias estar sob a proteção de um anjo, desejando manter a virgindade e a pureza cristã. Valeriano ficou impressionado e acedeu ao desejo da esposa, convertendo-se ao cristianismo. Valeriano terá visto, após a conversão, o anjo de Cecília e depois de relatar o sucedido a seu irmão Tibúrcio, este também se converteu. Perante a recusa de negar a fé cristã, os dois irmãos foram condenados à morte e decapitados.

Também Santa Cecília foi submetida a castigos, como banhos de água a ferver e inalação de vapores em prisão domiciliária, mas escapou ilesa à morte e ainda converteu alguns soldados. Frustrado, o governador Almachius mandou executar a Santa, sendo preciso três golpes (o número máximo de golpes por degolação) para deitar Cecília por terra. Santa Cecília caiu mas o seu pescoço não cedeu. Sepultada nas catacumbas cristãs de São Calisto, em Roma, foi trasladada no ano 821 para a Basílica a ela dedicada em Trastevere.

Santa Cecília é a santa da Igreja Católica que mais tem basílicas em Roma e é uma das santas mais veneradas da Idade Média, além de ser a primeira santa encontrada com corpo incorrupto, no ano de 1599. Quando o seu corpo foi encontrado, uma das mãos mostrava três dedos; na outra, apenas um, indicando a sua fé na Santíssima Trindade, Deus Uno e Trino. Uma estátua do seu corpo nessa posição foi esculpida para a posterioridade por Stefano Maderno (1566-1636).

Apesar dos detalhes da sua história serem ficcionados, a sua existência e o seu martírio foram confirmados historicamente. Na iconografia é frequentemente representada com um instrumento musical.

Compositores eruditos, poetas e músicos populares dedicaram trabalhos em sua honra. O primeiro registo de um festival de música em sua honra data de 1570, em Évreux, na Normandia. O dia de Santa Cecília tornou-se uma ocasião para a realização de concertos e festivais musicais.

Imprimir Email