Missão “Segue-me a Cabo Verde”: grande partilha e intensa missão

Grupo de estudantes universitários, jovens adultos trabalhadores e alguns salesianos consagrados partiram em missão para a ilha de Santo Antão, em Cabo Verde. Missão durou três semanas.

Fortalecidos pelo convite que o Papa Francisco tem feito aos jovens a viver pensando nos mais necessitados, bem como pelo sentido de caridade que foi crescendo no coração dos missionários jovens salesianos, emergiu no mês de agosto a Missão Salesiana “Segue-me a Cabo Verde”. Entre estudantes universitários, jovens adultos trabalhadores e alguns salesianos consagrados, viveram-se, na localidade do Eito, na ilha de Santo Antão, três semanas de profunda entrega e experiência de comunidade cristã. Foram enviados o Bruno Leite, a Carolina Barbosa, a Isa Ferreira, o João Ensina, o João Lorena, a Matilde Roque, o Pedro Barbosa, o Pedro Roque, o Ricardo Pinto, a Salomé Fonseca, a Vanessa Mata, o Pe. Gonçalo e o Pe. Álvaro.

A Missão durou 20 dias, sendo que ao longo deste tempo foi possível criar uma generosa interação com a população local. Privilegiaram-se atividades com as dezenas de crianças dos vários lugares do Eito, assim como momentos celebrativos com a comunidade cristã e a intervenção médica primária, quer com crianças quer com idosos.

Ao longo das três semanas, a Missão foi enriquecida ainda com algumas visitas estratégicas a algumas zonas mais isoladas do vale da localidade do Eito, bem como a uma instituição que cuida de idosos e à prisão local, onde foi possível criar um momento muito bonito de partilha com os reclusos e celebrar a Eucaristia.

O pároco do Paul (Sto. Antão), Pe. José Júlio Forte, e o professor Nilton, desde o primeiro momento, acompanharam a preparação desta Missão, ficando um sentido agradecimento por todas as condições que foram criadas e pelo excelente acolhimento que proporcionaram. Destaca-se o pormenor de ter sido a primeira vez que uma missão de voluntariado salesiano se centrou exclusivamente nesta aldeia do vale do Eito. Esta circunstância deveu-se ao grande querer do pároco e do professor Nilton que sempre acreditaram na importância de ter na comunidade uma ação missionária. Novos sonhos surgiram para que esta comunidade do Eito continue a crescer na fé e na realização humana. A grandeza desta Missão “Segue-me a Cabo Verde” fica na certeza que se partilhou vida e que o Amor de Deus foi encontrado.

Marcações: Movimento Juvenil Salesiano, Missões, Solidariedade

Imprimir Email